O erro de quem julga saber muito é achar que não precisa OUVIR!

Por Karol Oliveira
Gestora de Inovação e Especialista em Desenvolvimento de Novos Negócios, eleita Líder de Inovação Norte/Nordeste 2019.

Escutar pessoas é o que te fará dar partida nos motores de crescimento em qualquer área. Por muitas vezes o ato de ignorar a experiencia ou opinião embasada de alguém sobre um fato é prejudicial na tomada de decisões, fazendo com que caminhos tortuosos sejam trilhados. Nesse texto quero te mostrar rapidamente, em áreas gerais e dentro da inovação, o quanto dar atenção te leva a outro nível.

Grandes feitos começam pelo ouvir.

O motor da Inovação

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Ouvir pode desencadear uma série de funções no desenvolvimento de uma cultura de inovação. Um dos grandes resultados de ouvir plenamente uma pessoa é que ela se sente imediatamente validada e respeitada. Isso leva à autenticidade e à confiança, o que leva a melhores ideias – é um ciclo de grandiosidade.

Quando paro para dialogar, principalmente com quem pensa diferente de mim, abro a mente. Outras ideias me levam a novas perspectivas e novos ângulos. Não são apenas novas informações que obtenho, mas sim a capacidade de olhar para todo o desafio de forma diferente do que eu jamais teria se tivesse ficado dentro da minha própria cabeça.

  • Ouça seus colaboradores, ninguém entende melhor do que fazem do que eles mesmos para sugerirem pontos de falha e possíveis melhorias;
  • Ouça seus clientes, eles sabem o que precisam e com base nisso você poderá oferecer as melhores soluções para eles;
  • Ouça seus gestores, por muitas vezes eles já passaram por essa fase e querem te ensinar como você pode evoluir dentro da organização.

No processo de escuta, filtrar é a maior prova de inteligência emocional.

*vale a pena destacar que ouvir é bom, mas reter aquilo que realmente é para o nosso crescimento é ainda melhor, analise se as sugestões ou críticas são para evolução ou se tem teor pejorativo para te diminuir.

Todo mundo tem algo a ensinar

No lado pessoal e profissional, encontramos pessoas na jornada que passaram por experiencias diferentes da nossa, por isso cada encontro no caminho vale a pena.

Uma escolha minha é que em cada viagem pelo Brasil, ou simplesmente ao sair de casa, vou disposta a ouvir para aprender e há 5 anos esse tem sido um fator crucial para meu desenvolvimento pessoal e profissional. Eu também optei por:

  1. ouvir quem teve sucesso, para aprender sobre hábitos e decisões;
  2. ouvir quem fracassou, para aprender erros e recomeços;
  3. ouvir quem é empresário, para aprender resiliência e empreendedorismo;
  4. ouvir quem é empregado, para aprender sobre visão do dia a dia;
  5. ouvir quem deseja me ensinar, porque nesses eu sinto cuidado comigo.
Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Esse da foto é o meu “velho Pedro” (como ele diz), avô materno que não só me ensinou dominó, mas antes deu uma lição de empreendedorismo a todos.

Nascido em família pobre, sem formação, criou 8 filhos e desde que me conheço por gente faz seus negócios acontecerem quando tinha barracas na feira para alugar (um luxo naquela época). Hoje tem terrenos e casas alugadas, investimentos guardados e aplicados, mas por saúde mental ainda conserva seu pequeno fiteiro no interior da Paraíba, onde todos os dias atende e conversa com os clientes, separa produtos e confere o estoque. As gerações passadas também tem algo valioso para nos ensinar e os “de casa” são os que mais tem amor por nós, ouça-os.

A quem você anda dando ouvidos? O que tem feito com o aprendizado retido? Em um século onde muitos desejam lacrar e querem ser palco, as vezes é bom ser platéia.


Conheça Karol !!!

Karol Oliveira

Gestora de Inovação com foco na habilidade de Problemas Complexos, Karol é especialista em inovação aplicada em corporações e startups. Em 2019, foi eleita Líder de Inovação Norte/Nordeste pelo prêmio Innovation Leader.

Iniciou no mercado de trabalho como docente na disciplina de Física voltada para concursos da Aeronáutica e Marinha. Deu start na sua carreira de negócios na área comercial e em seguida teve sua startup onde recebeu investimento anjo. Anteriormente foi consultora do Porto Digital, um dos maiores parques tecnológicos do cenário nacional.

Com uma vasta experiência em diferentes segmentos do mercado e devido a paixão por novas histórias, hoje além dos projetos, treinamentos e palestras, também é mentora de novos negócios em centros de inovação distribuídos pelo Brasil.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s